Luiza Sampaio em Versos

Para viver é preciso sonhar e amar!

Áudios

NOITE
Data: 27/10/2008
Créditos:
NOITE - Luiza Sampaio
Voz - Marcos Sérgio T. Lopes
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar o site www.luizasampaio.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.





 
NOITE

LUIZA SAMPAIO





A noite chegou trazendo lembranças
Escurecendo os dias que conheceram a luz
Mãos se fecharam trêmulas sem esperanças
Tingiu-se de negra a fantasia que seduz
 
Incrédula olhou no espelho a imagem refletida
Buscou respostas na razão do absurdo sofrer
Reconheceu os últimos instantes daquela vida
Que ainda pulsava sem nada compreender
 
Aleatórias idéias, estranha forma de sentir
Tresloucados momentos, lentidão no agir
Nos indecisos passos, a tensão em declínio
 
Flutuando no tempo, alcançou o passado
Estremeceu ao saber que pensou tê-lo amado
De repente a certeza do maléfico fascínio







Enviado por Luiza Sampaio em 23/11/2007

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar o site www.luizasampaio.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras